Governador libera R$ 4,3 milhões para aumentar estrutura do Hospital Waldemar Monastier
18/03/2022 - 11:52

O governador Carlos Massa Ratinho Junior visitou o Hospital Infantil Waldemar Monastier - FUNEAS, em Campo Largo, nesta sexta-feira (11) e anunciou o investimento de mais de R$ 4,3 milhões na unidade. Os recursos possibilitam a abertura de 15 novos leitos, dobrando a capacidade de realização de cirurgias eletivas.

“O Monastier tem um corpo técnico e uma estrutura fantástica, além de ficar dentro de uma cidade que passou a ser um centro de saúde pública para o Paraná. Tínhamos um compromisso com este hospital em ampliar o número de atendimentos e cirurgias eletivas, dentro do projeto de descentralização da Saúde, pensando no serviço mais próximo das pessoas”, afirmou o governador.

Os recursos incluem a contratação de 40 técnicos de enfermagem e três fonoaudiólogos, no valor de R$ 2,9 milhões no ano; a implantação da residência médica com cinco profissionais de pediatria e um de neonatologia, em parceria com o Hospital Pequeno Príncipe, somando R$ 295,6 mil; a aquisição de equipamentos avaliados em mais de R$ 537,8 mil; e a pintura e lavagem predial de todo o hospital, além de pequenos reparos em 12 mil metros quadrados no valor de R$ 574,8 mil.

O prefeito de Campo Largo, Mauricio Rivabem, agradeceu a visita do governador e elogiou o trabalho na unidade de saúde. “Este hospital está fazendo a diferença não só para Campo Largo, mas para diversas cidades do Paraná. Anteriormente a unidade não conseguia suprir todo o potencial para atender as crianças, mas agora não há dúvidas que fazemos uma das melhores ações em saúde do Estado”, disse.

ESTRUTURA – No início de 2019, o hospital fazia em média 40 cirurgias eletivas por mês. Somente em fevereiro deste ano, foram realizadas 210 cirurgias, e agora, com a aquisição destes equipamentos e contratação de equipe técnica, a unidade deve chegar a pelo menos 400 cirurgias mensais nos 15 novos leitos implantados. Atualmente o hospital possui ainda 30 Unidades de Terapia Intensiva (UTI), 25 leitos clínicos e nove leitos para procedimentos simples.

“Este reforço que estamos anunciando faz a diferença, abrindo portas para que mais pessoas possam ser beneficiadas. Hoje o hospital já realiza cinco vezes mais cirurgias do que fazia há três anos, isso significa que existe a necessidade de mais ampliações, e por isso, é tão importante que possamos contar com estes técnicos, residentes e também com a abertura de novos leitos”, disse o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto.

O hospital foi inaugurado em 2009 e faz parte das unidades próprias da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), sendo referência no atendimento pediátrico do Paraná. Mensalmente, a unidade atende pelo menos duas mil crianças entre procedimentos ambulatoriais, internamentos e cirurgias.

“Sabemos da dificuldade que é falar sobre pediatria, mas aqui atendemos crianças do Paraná inteiro. Tudo que está sendo investido vai reforçar a proposta de fortalecer as Regiões de Saúde, dobrando a capacidade de atendimento e levando a saúde até o maior número de pessoas”, disse a diretora do hospital, Maria Isabel da Cunha.

PRESENÇAS – Participaram da solenidade o representante do Hospital Pequeno Príncipe, Luiz Antonio Munhoz da Cunha; o diretor-presidente da Fundação Estatal de Atenção em Saúde do Paraná (Funeas), Marcello Augusto Machado; além de vereadores, servidores do município e profissionais de saúde do hospital.

 

 

 

Fonte: Assessoria comunicação Sesa

Últimas Notícias