SIPAT 2018
26/11/2018 - 14:30

SIPAT 2018

Os sintomas ficam escondidos por muito tempo e geralmente não são visíveis, e quando aparecem, indicam problemas alarmantes. Estamos falando das doenças silenciosas.

Geralmente não levamos a sério alguns sinais de que algo não vai bem com nosso corpo, por não identificarmos alguns sintomas, e quando damos conta, já é tarde demais, necessitando de uma intervenção urgente. Sem garantia de cura, estas doenças se instalam e podem causar grandes estragos.

Para chamar a atenção dos colaboradores do Hospital Infantil a este assunto, a SIPAT (Semana Interna de Prevenção de Acidentes do Trabalho), edição 2018, que aconteceu entre os dias 19 e 23 de Novembro, e foi promovida pela CIPA, que é a comissão interna responsável pela prevenção de acidentes de trabalho, foi organizada para uma reflexão sobre o tema.

A abertura da SIPAT, que aconteceu no dia 19 de Novembro no auditório do HI, contou com a fala do diretor geral da instituição Sr. Germano Krueger Neto, que parabenizou a CIPA pelo evento e incentivou os presentes a sempre buscarem informações sobre o assunto. Em seguida o presidente da CIPA, Rafael Hasse, apresentou os integrantes da comissão organizadora do evento e fez uma breve introdução ao assunto, destacando algumas doenças silenciosas de maior incidência. A palestra do dia foi conduzida pela psicóloga Suzana Brunow Ventura, com o tema: O Adoecer psíquico do trabalhador em saúde - Doenças silenciosas - Síndrome de Burnout e Depressão.

Durante a semana os cipeiros, da equipe de enfermagem do HI, estiveram aferindo glicemia e pressão arterial, em uma base próxima a rampa, para chamar a atenção sobre duas das doenças silenciosas que tem afetado os trabalhadores. Foi elaborada uma caderneta especial para anotações destes dados e entregue para cada um que participou, para controle individual.

De acordo com o Enfermeiro Dérik Deily de Almeida, que coordenou as aferições junto aos trabalhadores, foram constatadas alterações de pressão e glicemia em alguns funcionários. “Essas pessoas não sabiam que estavam com alterações e ficaram surpresas. Nós recomendamos que a partir de agora elas procurem, principalmente, um atendimento médico para descobrir as causas e um acompanhamento na segurança do trabalho, utilizando a caderneta entregue.” Disse Almeida.

Nos dias 22 e 23 de Novembro, para encerramento da SIPAT, foi exibido um filme que contou a história de algumas pessoas portadoras do TOC – Transtorno Obsessivo Compulsivo. O transtorno, considerado como uma das doenças silenciosas, foi abordado através de uma divertida comédia que trouxe a reflexão sobre o autoconhecimento e a tolerância.

Também foram feitas blitz nos setores durante a semana, para explicar o tema deste ano e para convidar os trabalhadores para participarem das atividades. Alguns EPI’s (Equipamentos de proteção individual) utilizados no HI ficaram em exposição no auditório e No final dos eventos foram sorteadas algumas lembranças arrecadadas entre os membros da comissão.

O presidente da CIPA espera que a partir de agora os trabalhadores estejam mais atentos sobre este problema e busquem sempre o atendimento necessário. “ A SIPAT deste ano serve como um convite para que todos possamos estar conscientes que os exames preventivos são ótimos aliados da nossa saúde, a exemplo do outubro rosa, para as mulheres, e do novembro azul, para os homens. A nossa saúde requer toda a atenção necessária”, finaliza.

Galeria de imagens do evento:

SIPAT 2018

SIPAT 2018

SIPAT 2018

SIPAT 2018

SIPAT 2018

SIPAT 2018

SIPAT 2018

SIPAT 2018

SIPAT 2018

SIPAT 2018

SIPAT 2018

SIPAT 2018

SIPAT 2018

SIPAT 2018

SIPAT 2018

SIPAT 2018

SIPAT 2018

Últimas Notícias